PortugalPride.org In EnglishIn EnglishEn EspañolEn Español
 Índice :: Imprensa :: Porto vai ter festa Gay

0 Comércio do Porto, Domingo 11 de Junho de 2001 (Pág 2)

PRIMEIRO PLANO

PELA PRIMEIRA VEZ A INVICTA VAIU TER UMA FESTA DE ENTRADA LIVRE, NO CENTRO DA CIDADE, DE E PARA AMIGOS DA COMUNIDADE GAY - ASSUMIDAMENTE. SERÁ UMA NOITE COLORIDA, COM ESPECTÁCULOS E MÚSICA ONDE SE ESPERA QUE OS PRECONCEITOS SE ATENUEM UM POUCO PARA QUE UMA CIDADE TÃO LIBERAL EM CERTAS ÁREAS O SEJAM TAMBÉM EM RELAÇÃO ÀQUELES QUE TEM UMA VIDA SEXUAL DIFERENTE.

Porto vai ter festa gay

PAULA JOYCE (TEXTOS)

0 Porto vai ter a primeira festa Pride - gays,lésbicas, bissexuais e transgenders - no centro da cidade, ao ar livre e com as boas vindas as todos os que como amigos "vierem por bem". E mais um feito dos fundadores do portal Portugal Gay, já que a tolerância, na Invicta só funciona ao longe. Mas as mentalidades, mesmo assim, vão mudando e esta festa, a 7 de julho, marca também o início de uma semana cultural dedicada a esta minoria sob o lema "Orgulho".

0 Porto Pride será na Praça do Clérigos Shopping, à noite, com a animação garantida pelos quatro bares da cidade que se assumem como alternativos ou pelo menos abertos. São eles o histórico Moinho de Vento, o Boys'r'us, o Him e Q'Bar. Cada um terá a seu cargo duas horas de animação com o seu respectivo show de travestis e drag queens. 0 Q'Bar não tem espectáculo próprio mas não deixa de garantir a sua parte com uma performance. E também o Café da Praça se junta a esta festa porque a sua clientela é mista, como se sabe, facto de que este bar se orgulha.

A partir das 21 horas, haverá música, show e pista de dança, com barraquinhas de cada um dos bares a servir bebidas. Pode saltar de um para outro, porque está combinado que os preços vão ser iguais. A partir das 5 horas, haverá um dj a garantir que a música não acaba até o, último folião ir para casa.

E depois começa a Semana do Orgulho, organizada pelo Grupo Nós com o apoio da Câmara Municipal do Porto, que também já tem o programa. Este movimento nasceu dentro da Universidade do Porto e alargou-se rapidamente para muitos outros aderentes. Tem como objectivo contribuir para uma maior abertura da sociedade, através de campanhas, debates e convívios. No Porto não havia nenhum grupo ou associação dedicado à liberdade sexual. Mas fazia falta e o Grupo Nós cresceu muito depressa, surpreendendo os próprios fundadores. 0 Grupo Nós tem a seu cargo a semana cultural. Assim, ainda antes da festa, será inaugurada a exposição de artes plásticas "Falha Obscena", no Espaço Caldeira, às 18h00. No domingo, no Quartel do Bom Pastor, na Póvoa de Varzim, começa a mostra "Olhares (d)a Homossexualidade". Mais: todos os dias, às 10h00, massagens e campanha de sensibilização nas praias: domingo na Praia do Atlântico, segunda na Foz, terça em Leça, quarta no Mindelo e quinta na Póvoa de Varzim.

A partir de terça-feira na Biblioteca Almeida Garret, no Porto, haverá debates e filmes, Uniões e movimento GLBT em Portugal será o primeiro tema, às 18h30 e às 21h30 passará a fita "Amor no feminino". Segue-se, na quarta, às 21h30 o filme "Nem todas as raparigas são iguais" Na quinta feira, haverá cinema às 18h30, "0 oposto do sexo" seguido de debate sob o tema "Cinema LGBT". Na sexta-feira às 22 horas, um recital de poesia homoerótica terá lugar nos Maus Hábitos. Mas a semana termina em grande com a festa Pride do Norte, organizada pela associação ILGA, no Hit Club da Póvoa de Varzim. Esta discoteca da Póvoa de Varzim não é novata em festas para a comunidade gay. Sempre em colaboração com a ILGA Portugal, organizaram já por diversas vezes o Pride do Norte, único encontro assumidamente gay nesta zona do país. Curiosamente, estas festas, sempre cheias, não têm só clientes da comunidade alternativa. Há de tudo numa convivência pacífica, embora muito animada. E porque isto acontece,há esperança de que o Pride Porto possa decorrer da mesma maneira.

Falta dizer que até agora só veio patrocínio da Comissão Nacional da Luta contra a Sida. De cerca de 80 empresas contactadas pelo Portugal Gay, não houve nenhuma que se prestasse a dar patrocínio. Algumas não responderam, outras enviaram a resposta standard a dizer que não podiam. Mas um dos organizadores estava satistfeito. "Mesmo assim houve algumas empresas em que um director de marketing ou semelhante teve tempo para nos dizer pessoalmente porque é que não podiam apoiar. E isso já é um avanço."

Este Porto Pride é o primeiro não porque faltasse vontade anteriormente, mas "não havia condições sociais" até agora. A triste realidade é que bastou a participação telefónica num programa de televisão de um dos responsáveis pelo Portugal Gay para o site ter sido, logo a seguir, inundado com ameaças de grupos neonazis e de indivíduos intolerantes. Assim, esta festa irá ter segurança da PSP, sem a qual ainda seria demasiado arriscado para os organizadores, donos dos bares e membros de várias associações exporem-se em público. 0 Portugal Gay tem sido o elo de ligação entre associações e bares, permitindo esta festa e semana cultural e pôr já o programa completo na internet com o endereço portugalpride.org, com versões em inlgês, espanhol e português. Houve também contactos com o Roterdam Rose, departamento gay da Capital da Cultura Europeia na Holanda. 0 nosso Porto 2001 também foi contactado "mas depois de nos terem passado de pessoa para pessoa e ainda para outra pessoa, desistimos, porque percebemos que o Porto Pride era uma batata quente. E nunca nos deram resposta»segundo um elemento do Portugal Gay.

A grande mensagem desta festa, ainda de acordo com um dos organizadores, é juntar a comunidade gay com aqueles que não pertencendo a ela "são amigos". Os que aceitam, compreendem, não hostilizam. Espera-se por isso que seja uma festa muito concorrida, que possa orgulhar o Porto.


Publicação autorizada neste site pelo Jornal O Comércio do Porto


NOTA 1: Na mesma edição do jornal foi incluído um artigo sobre o PortugalGay disponível em: http://portugalgay.pt/ocomerciodoporto/doc2.asp

NOTA 2: Após a publicação desta notícia o local de realização do Porto Pride 2001 for alterado.

Site realizado por PortugalGay.PT. email: info@portugalpride.org.
©2001-2019 PortugalGay.PT.