PortugalPride.org In EnglishIn EnglishEn EspañolEn Español
 Índice :: Porto Pride 2003

5 Julho 2003, Porto, Portugal

Porto Pride 2003


PortugalDiário

Movimento homossexual «abrandou»
06-07-2003 07:50
PD

O processo da Casa Pia trouxe associação errada entre gays e pedofilia

SOCIEDADE

O processo da Casa Pia veio "abrandar o barco" em que navegava o movimento homossexual português, devido à errada associação entre gays e pedofilia, disse sábado à noite um dos organizadores da "Porto Pride".

"Havia muito trabalho que o fórum GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgenders) estava a tentar fazer e que teve de ser repensado depois da Casa Pia", afirmou João Paulo, que além da organização da festa, que reuniu centenas de homossexuais no Sá da Bandeira, é também responsável pelo site "Portugalgay.pt".

"Ser homossexual é ser igual a toda a gente, incluindo, infelizmente, também pedófilos. Mas sabe-se perfeitamente que a maioria dos casos de pedofilia e abusos de menor ocorrem dentro das famílias", afirmou o responsável.

A partir do momento em que se vive numa sociedade que exclui os homossexuais, a única forma de os integrar é, segundo João Paulo, através da "discriminação positiva".

"Veja-se por exemplo o caso das escolas, que são cruéis para quem é diferente, seja um negro, seja uma lésbica, seja um gay. Não quero ver crianças apedrejadas na escola pela sua orientação sexual", afirmou João Paulo.


Site realizado por PortugalGay.PT. email: info@portugalpride.org.
©2001-2017 PortugalGay.PT.